Deputado(a) Silvana Covatti
Dep. Silvana Covatti
GRANDE EXPEDIENTE
Deputados dividem tribuna para homenagear 30 anos da Federarroz e os resultados da 42ª Expointer
Olga Arnt - MTE 14323 | Agência de Notícias - 16:10 - 24/09/2019 - Foto: Celso Bender

Os deputados Frederico Antunes (PP) e Silvana Covatti (PP) dividiram o tempo do Grande Expediente desta terça-feira (24) para homenagear os 30 anos da Federação das Associações dos Arrozeiros do Rio Grande do Sul e o expressivo número de vendas na 42ª Expointer. Os parlamentares abordaram a importância do papel da Fedearroz no desenvolvimento do setor e analisaram o desempenho comercial da edição deste ano da Expointer, que aconteceu na última semana de agosto.

30 anos da Federarroz
Primeiro a ocupar a tribuna, Antunes afirmou que a história da Federarroz se funde com sua própria trajetória em defesa do agronegócio. Fundada em 5 de setembro de 1989, numa assembleia geral de arrozeiros no município de São Sepé, a entidade marcou presença em lutas históricas dos produtores rurais contra o endividamento, pela abertura de mercados, pela revisão dos códigos Florestal e Ambiental e em defesa da Metade Sul do estado, além de ter participado das tratativas das regras do Mercosul. “A Federarroz conquistou espaço, respeito da mídia e respaldo político, consolidando-se como uma liderança nacional na luta por um mercado mais justo para os orizicultores”, declarou o progressista.

Segundo Antunes, o Rio Grande do Sul é responsável por 70% da produção do grão, que é o mais popular no Brasil. Além de ser fonte de carboidrato, o alimento tem baixo teor de gorduras e é fonte de vitaminas, sendo o principal produto de consumo alimentar da população mundial.

A Federarroz reúne 40 associações e agrega cerca de 70 mil produtores, que geram mais de 37 mil empregos com carteira assinada. De acordo com o deputado, pelo menos 140 municípios gaúchos têm sua economia baseada nas lavouras de arroz, responsáveis por 4% do ICMS arrecadado pelo Estado.

Antunes, que é membro da Frente Parlamentar de Defesa da Orizicultura e da Bancada do Arroz, encerrou seu pronunciamento, argumentando que o acordo entre Mercosul e União Europeia representa uma oportunidade para abrir novas frentes de comércio para o arroz produzido no Rio Grande do Sul e reduzir a dependência do mercado interno, que “achata preços”.

Expointer, vitrine para a produção primária
Ao ressaltar que a Expointer mostra o que há de melhor em termos de tecnologia, genética e produção, constituindo-se numa vitrine para agricultura, Silvana afirmou que os números registrados em 2019 marcaram a história da feira. Além de abrigar o maior número de expositores desde sua primeira edição, a feira somou R$ 2,7 bilhões em vendas, superando em 17,37% a edição passada. Foram mais de 416 mil visitantes em nove dias de evento, com um crescimento de quase 13% em comparação a 2018. No setor de máquinas e implementos agrícolas, o mais rentável da feira, a comercialização chegou a R$ 2,5 bilhões, crescimento de 11,43% em relação ao arrecadado em 2018. A agricultura familiar vendeu R$ 4,5 milhões, com um crescimento de 13,51% em relação ao ano passado. Na venda de artesanato, a expansão chegou a 8,38%, somando R$ 1,3 milhão neste ano.

Mãe do secretário de Agricultura, Covatti Filho, a parlamentar frisou que a Expointer é do agronegócio, setor que movimenta mais de R$ 180 bilhões por ano, o que representa 40% do PIB gaúcho. “A Expointer é do setor que mantém o Rio Grande do Sul em pé. Covatti Filho viveu a Expointer. Foram longos dias, com muitas agendas e compromissos a serem cumpridos, e, com sua palavra, honrou todos eles. E os resultados não nos deixam mentir”, elogiou.

Silvana afirmou ainda que o apoio à agricultura, estratégica para a economia gaúcha, é fundamental neste momenmto de crise. “É valorizar cada agricultor que semeia as plantações, é valorizar cada produtor que produz os alimentos que chegam até as nossas mesas, é valorizar cada consumidor que compra as mercadorias, enfim, é valorizar cada peça dessa engrenagem, que faz a economia ir mais além”, defendeu.

Os deputados Edson Brum (MDB), Luiz Fernando Mainardi (PT), Sérgio Turra (PP), Airton Lima (PL), Elton Weber (PSB), Zilá Breitenbach (PSDB), Rodrigo Lorenzoni (DEM), Vilmar Lourenço (PSL), Ani Ortiz (Cidadania), Aloisio Classamann (PTB) e Fran Somensi (PR) se manifestaram em nome de suas bancadas, por meio de apartes.

© Agência de Notícias
Reprodução autorizada mediante citação da Agência de Notícias ALRS.
© Agência de Notícias
As matérias assinadas pelos partidos políticos são de inteira responsabilidade dos coordenadores de imprensa das bancadas da Assembleia Legislativa. A Agência de Notícias não responde pelo conteúdo das mesmas.
Versão de Impressão
Grande Expediente

Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul - Praça Marechal Deodoro, 101 - Porto Alegre/RS - Cep 90010-300 - PABX (51) 3210.2000
Horário de atendimento: das 08:30 às 18:30


O conteúdo deste site é de responsabilidade exclusiva da assessoria de imprensa do gabinete do(a) Deputado(a)